Netinho 65000

Netinho Na Mídia: Netinho De Paula é nomeado secretário da igualdade racial em São Paulo

29/11/2012

 

Netinho vai para Igualdade Social 
Veículo: Metrô News (Metrô SP)
Data: 29/11/2012

 

Netinho vai para Igualdade Social 
Veículo: Jornal do Trem (Metrô SP) - Página: 16 - Autor: Não Assinado 
Data: 29/11/2012

O vereador Netinho de Paula (PCdo B) foi escolhido para comandar a pasta de Igualdade Racial. Ele é vereador e foi reeleito no último pleito. Em seu lugar na Câmara, entrará o ex-ministro dos Esportes Orlando Silva (PCdo B). O vereador Eliseu Gabriel (PSB) foi escolhido para chefiar a pasta de Desenvolvimento Econômico. Seu suplente será o petista Alessandro Guedes. Com isso, o PT mantém os vereadores eleitos na sua bancada, já que o vereador reeleito Antonio Donato assumiu a secretaria de Governo e em seu lugar vai entrar Wadih Mutran (PP). O vereador mais votado da cidade, Roberto Tripoli (PV), será o novo secretário de Verde e Meio Ambiente. Em seu lugar, entra Abou Anni (PV). Com isso, a bancada verde se mantém com quatro vereadores. O anúncio dos nomes foi realizado na tarde de ontem na sede do governo de transição, no prédio da Caixa Econômica Federal, na região central. (AE) Efr Mais votado para Câmara Municipail Roberto Trípoli (PV) será secretário de Verde e Meio Ambiente.

 

Fernando Haddad anuncia mais sete novos secretários
Veículo: R7 Notícias – SP

Data: 28/11/2012


Cantor Netinho de Paula assume a secretaria de Promoção da Igualdade Racial

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou, na tarde desta quarta-feira (28), os nomes de mais sete secretários que irão compor o governo municipal.

Dentre eles, está o cantor e apresentador, Netinho de Paula, que assume a secretaria de Promoção da Igualdade Racial, criada no novo governo municipal. Já Marianne Pinotti (PMDB), que Disputou o cargo de vice-prefeita de São Paulo na chapa de Gabriel Chalita, comandará a pasta da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

No último dia 14, o prefeito eleito anunciou os deputados federais Jose de Filippi Jr. e Jilmar Tatto para chefiar as pastas de Saúde e Transportes, respectivamente. Dois dias antes, Hadad confirmou a indicação de Antonio Donato (Governo), Leda Paulani (Planejamento), Luís Fernando Massonetto (Negócios Jurídicos), Marcos Cruz (Finanças) e Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbano).

Conheça os novos secretários:

Desenvolvimento Econômico e Trabalho

Eliseu Gabriel (PSB) – É formado em Física pela USP e foi reeleito para o quarto mandato como vereador. Na câmara, presidiu comissões permanentes, como as CPIs e a relatoria do orçamento.

Coordenação das Subprefeituras

Francisco Macena (PT) ocupa o segundo mandato na Câmara de Vereadores de São Paulo. Foi presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego na gestão da prefeita Marta Suplicy (2001-2004). Na gestão da prefeita Luiza Erundina, em 1989, foi administrador regional da Vila Prudente.

Relações Governamentais

João Antonio (PT) - É deputado estadual em seu primeiro mandato. Vereador na Câmara Municipal paulistana por três mandatos consecutivos, foi líder do governo Marta em 2003 e 2004 e presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Casa entre 2006 e 2008. É o atual secretário de Organização do PT estadual.

Promoção da Igualdade Racial

José de Paula Neto (PCdoB) - Apresentador de TV e Cantor, foi vereador e se reelegeu este ano em São Paulo. Na Câmara Municipal, é integrante da Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Assistência Social

Luciana Temer (PMDB) - Já ocupou o cargo de secretária-adjunta e secretária do estado de Juventude, Esporte e Lazer. Luciana também já foi coordenadora de Assistência Jurídica do CEPAM – Fundação Prefeito Faria Lima e delegada de Polícia da Delegacia de Defesa da Mulher.

Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida

Marianne Pinotti (PMDB) - Médica especialista em ginecologia e obstetrícia e mastologia, com mestrado e doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Disputou o cargo de vice-prefeita de São Paulo na chapa de Gabriel Chalita, e foi candidata a vice-governadora em 2010.

Verde e Meio Ambiente

Roberto Tripoli (PV)- É publicitário e ambientalista. Fundador do Partido Verde e vereador desde 1988. Foi presidente da Câmara Municipal nos anos de 2005 e 2006. É autor das Leis do Psiu e da Cidade Limpa.

 

Haddad põe aliados do PT e líder de Kassab na equipe 
Veículo: Diário de S. Paulo - Página: Capa/16 - Autor: João Carlos Moreira 
Data: 29/11/2012

 

Haddad põe aliados do PT e líder de Kassab na equipe 
Veículo: Diário de S. Paulo - Página: Capa/16 - Autor: João Carlos Moreira 
Data: 29/11/2012

VI 111 Haddad Definidos mais = sete secretários Pl6 oa Haddad põe aliados do PT e líder de Kassab na equipe o prefeito eleito anuncia os titulares de sete secretarias, incorporando ao grupo que jd tem 14 integrantes nomes ligados a PMDB, PC do B e PSB ise João Carlos Moreira funcxeraoxiarlosp cembe O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) anunciou, ontem, a participação de nomes de aliados do PT na sua futura equipe da administração municipal e também a entrada do PV na equipe.

vereador Roberto Tripoli foi confirmado para a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, pasta que o PV já ocupa na Prefeiturá desde a gestão de José Serra (PSDB), entre 2005 e 2006, e manteve no governo Kassab.

já foi filiado ao PSDB e desde o ano passado ocupa o posto de líder do prefeito Gilberto Kasãab (PSD) na Câmara Municipal. Na campanha, o PV apoiou a candidatura de Serra, mas se aproximou de Haddad após a derrota do tucano. A lista de sete secretários anunciada ontem tem ainda aliados do PMDB, do PC do B e do PSB, além de dois nomes do PT. Para justificar as indicações partidárias, Haddad disse que a intenção é dividir com os aliados a responsabilidadepela ad ministraçào. "Pretendo fazer Faltam nomeações para 13 pastas, já que Iladdad quer manter o total de 27 secretarias um governo de coalizão. Queremos um governo de corres ponsabilidade. Esses partidos não são da base do governo, mas são do próprio governo", afirmou ele, destacando que é importante contar com a representativida.de das legendas. AUTONOMIA/ Ao anunciar o vereador Chico Macena (PT) para a Secretaria das Subprefei turas Haddad disse que a inten ção é descentralizar o comando dessas regionais nos bairros, dando mais autonomia aos subprefeitos.

Durante a atual gestão, Kassab nomeou coronéis da reserva da Policia Militar para os cargos de comando. Haddad querdar espaço às lide ranças de cada comunidade. "Nós nos comprometemos areverter a política de concentra ção das subprefeituras. Preten demos retomar a descentraliza ção das atividades", disse. Haddad também anunciou a criação da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, que será ocupada pelo vereador Netinho de Paula (PC do B). Com a nomeação, Netinho vai ceder a vaga no Legislativo em 2013 para o ex-ministro Orlando Silva, que, no ano passado, deixou o Ministério do Esporte em meio a dentincias de desvio de recursos de um programa federal.

Já o PMDB ganhou duas pastas ontem (veja ao lado). MAIS NOMEADOS CHICO MACENA É vereador pelo PT, mas não se reelegeu. Foi tesoureiro da campanha de Haddad e assumirá a Secretaria das Subprefeituras. ROBERTO TRIPOLI Vereador reeleito pelo PV, partido que apoiou Serra. Já foi do PSDB e é o atual líder de Kassab na Câmara. Será secretário do Verde. MARIANNE PINOTTI Médica, filiada ao PMDB, foi vice na chapa de Gabriel Chalita à Prefeitura. Ocupará a Secretaria da Pessoa com Deficlência. NETINHO DE PAULA Vereador reeleito pelo PC do B, será secretário da Promoção da Igualdade Racial. Vai ceder vaga na Câmara para Orlando Silva. JOÃO ANTONIO Deputado estadual pelo PT e exvereador, será secretário de Relações Governamentais. EUSEU GABRIEL Vereador reeleito pelo PSB, será secretário de Desenvolvimento Económico e Trabalho. LUCl ANA TEMER Advogada, filha do vice-presidente da República. Midiel Temer, é filiada ao PMDB. Será secretária de Assistência Social. Haddad (ao microfone) apresentou Tripoli, Macena, Netinho, Marlanne, Luclana Temer, Ellseu e João Antonlo

 

Equipe de Haddad tem aliados do PT

Veículo: Diário de São Paulo Online – SP

Data: 29/11/2012

 

O prefeito eleito anuncia os titulares de sete secretarias, incorporando ao grupo que já tem 14

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) anunciou, ontem, a participação de nomes de aliados do PT na sua futura equipe da administração municipal e também oficializou a entrada do PV na equipe. O vereador Roberto Tripoli foi confirmado para a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, pasta que o PV já ocupa na Prefeitura desde a gestão de José Serra (PSDB), entre 2005 e 2006, e manteve no governo Kassab.

Tripoli já foi filiado ao PSDB e desde o ano passado ocupa o posto de líder do prefeito Gilberto Kassab (PSD) na Câmara Municipal. Na campanha, o PV apoiou a candidatura de Serra, mas se aproximou de Haddad após a derrota do tucano. A lista de sete secretários anunciada ontem tem ainda aliados do PMDB, do PC do B e do PSB, além de dois nomes do PT.

Para justificar as indicações partidárias, Haddad disse que a intenção é dividir com os aliados a responsabilidade pela administração. “Pretendo fazer um governo de coalizão. Queremos um governo de corresponsabilidade. Esses partidos não são da base do governo, mas são do próprio governo”, afirmou ele, destacando que é importante contar com a representatividade das legendas.

Autonomia/ Ao anunciar o vereador Chico Macena (PT) para a Secretaria das Subprefeituras, Haddad disse que a intenção é descentralizar o comando dessas regionais nos bairros, dando mais autonomia aos subprefeitos. Durante a atual gestão, Kassab nomeou coronéis da reserva da Polícia Militar para os cargos de comando. Haddad quer dar espaço às lideranças de cada comunidade. “Nós nos comprometemos a reverter a política de concentração das subprefeituras. Pretendemos retomar a descentralização das atividades” , disse.

Haddad também anunciou a criação da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, que será ocupada pelo vereador Netinho de Paula (PC do B). Com a nomeação, Netinho vai ceder a vaga no Legislativo em 2013 para o ex-ministro Orlando Silva, que, no ano passado, deixou o Ministério do Esporte em meio a denúncias de desvio de recursos de um programa federal. Já o PMDB ganhou duas pastas ontem.

Comentários

Deixe seu comentário

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *